Abayomi

Os alunos do 4º ano estudaram na aula de História a viagem dos escravos vindos da África para trabalharem para os Portugueses. Esta viagem era muito sofrida e as mães escravas querendo amenizar a dor de seus filhos, rasgavam pedaços de suas roupas para fazer uma boneca que recebeu o nome de Abayomi.
Os alunos além de conhecerem a história também tiveram a oportunidade de fazê-la em sala de aula. Um momento de resgate da nossa cultura.

Essa é a história da Abayomi, uma história de luta, mas acima de tudo de muito amor:
Quando os negros vieram da África para o Brasil como escravos, atravessaram o Oceano Atlântico numa viagem muito difícil. As crianças choravam assustadas, porque viam a dor e o desespero dos adultos. As mães negras, então, para acalentar suas crianças, rasgavam tiras de pano de suas saias e faziam bonecas com elas para as crianças brincarem. Essas bonecas são chamadas de Abayomi. As Abayomi são pequenas bonecas pretas, feitas de pano e sem costura alguma, apenas com nós ou tranças, as bonecas não possuem demarcação de olho, nariz nem boca, isso para favorecer o reconhecimento das múltiplas etnias africanas. A boneca Abayomi valoriza a cultura africana e contribui para o reconhecimento da cultura afro-brasileira, pois faz parte da herança cultural dos negros africanos para o Brasil. A palavra Abayomi significa: encontro feliz, ou encontro precioso, aquele que traz felicidade e alegria. “Quando você dá uma boneca Abayomi para alguém, esse gesto significa que você está oferecendo o que você tem de melhor para essa “pessoa”.


  Fale Conosco

Colégio São Francisco de Assis  -   Rua Professor Luís Pardini, 104  -  São Paulo  -   (11) 5562-3394
Copyright ©   -  Todos os direitos reservados.